Estudo ABRE Macroeconômico da Embalagem e Cadeia de Consumo no Brasil

18/03/2021 a 18/03/2021

FESPA Brasil

24/03/2021 a 27/03/2021

Veja todos os eventos
fechar

ABRE Digital Day – Transformações no mercado a partir da digitalização

Como entender seus impactos nos negócios e nas indústrias de bens de consumo, embalagem e no varejo


Sobre digitalização das empresas, para Gisela Schulzinger, Presidente da ABRE, o que é importante para o setor de embalagens:

  • Entender os ecossistemas, pois ainda temos visão linear.
  • Buscar referências em empresas menores.
  • Quebra do paradigma de custo X velocidade.

Ricardo Neves, da PwC, provocou no ABRE Digital Day: quem são as empresas campeãs digitais? A partir de uma análise de 1.200 empresas ficou claro que o componente ‘pessoas’ ainda é fundamental nestas ‘digital champions’. Mas ainda há um longo caminho: somente 10% das empresas avaliadas estão no patamar de campeãs.

E é no customer service que você realmente se conecta com o mercado e se diferencia. E a integração entre todas as camadas é fundamental para cumprir a promessa e gerar credibilidade para os campeões digitais.

As empresas que implementam tecnologia e se conectam com todos os ecossistemas trazem produtos e serviços puramente digitais que já respondem por 50% de sua receita. A digitalização sem dúvida mudará os negócios, aumentando a produção próxima dos clientes e a demanda por colaboradores mais preparados. E como fazer a parte de colaboração e integração das pessoas? Esse é o grande desafio para tornar-se um digital champion. E a liderança tem que ter esta visão!

Mindset de cultura ágil é ‘saber errar’: ok, errei e o que vou aprender com isso? Para isso, o comportamento das pessoas tem que ser muito adaptável e deve-se ‘começar simples’. Leila Nakashima, do Luiza Labs no ABRE Digital Day .

Inovação, empreendedorismo e lógica digital são as bases do Porto Digital. Leonardo Guimarães discutiu tudo isso no ABRE Digital Day com Pedro Vaz, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Jean Vogel, da Ágora Tech Park e a Presidente da ABRE, Gisela Schulzinger.

Já ouviu falar em ‘match day’? No Porto Digital tem um dia de imersão e conexão entre pessoas e setores.

E para a Ágora, um parque digital com 6 meses de funcionamento, o cenário da transformação digital é assim mesmo: buscar respostas na hora! E Brasil tem potencial fantástico, pois de norte a sul há habitats de inovação, segundo Jean Vogel. E completou: inovação está muito menos no ‘nerd’ do que se imagina e vamos deixar de lado o ‘egosistema ’ e falar de ‘ecossistema’.

Com o app da Tetra Pak, Frasso, é possível ativar campanhas promocionais e interagir com o consumidor. O usuário instala, se cadastra, lê o código único na embalagem e começa a interagir com o produto|marca de várias maneiras. Um dos pontos principais é conhecer melhor o consumidor. Tudo isso contado por Arthur Campos, da Tetra Pak, no ABRE Digital Day. Lembrando que não existe um modelo pronto e adequado; é uma jornada contínua de aprendizado.

“No futuro, todos os produtos nascerão digitalizadas. A marca entenderá que produto está sendo vendido e poderá entender melhor o consumidor. Aliás, toda a cadeia poderá entendê-lo. “ Fabiana Wu, da Avery Dennison, no ABRE Digital Day.

“Digitalização não é só para jovens. Na maioria das startups que viram unicórnio, a idade média do gestor é de 42 anos.” Jorge Inafuco do OasisLab no ABRE Digital Day.

“Conhece Hype Cycle? Hoje uma das fontes de tendências mais relevantes. A ferramenta, uma representação gráfica dos estágios do ciclo de vida de uma tecnologia, que vai desde a concepção até a maturidade, passando pela adoção generalizada dessas tecnologias pela população.” Flavio Azevedo, da ESPM no ABRE Digital Day.

Luana Fleury falou sobre o Klabin For You no ABRE Digital Day. Um projeto resultado de um desafio de uma empresa de 130 anos: criar algo novo e digital. Basicamente uma startup da Klabin que atende a micro e pequenas empresas a partir de um e-commerce de embalagens e artigos de papel. “A jornada do cliente é digital, mas ele precisa aprender que pode comprar embalagem digitalmente, ou seja, é preciso criar a cultura do digital. “Detalhe: nesta posição, a Klabin For You sai do papel de produtora de embalagens e passa a ser uma prestadora de serviços!