Pack Expo East

03/03/2020 a 05/03/2020

LATAMCAN 2020

04/03/2020 a 06/03/2020

Veja todos os eventos
fechar

4 benefícios da sustentabilidade para o seu negócio


A sustentabilidade é um assunto em alta e vem sendo cada vez mais discutido no mundo dos negócios e na mídia. Afinal, o planeta está passando por mudanças aceleradas e, para cuidar do futuro das próximas gerações, é preciso que toda a dinâmica de produção e consumo seja alterada. Mas isso não é novidade para ninguém, concorda? A novidade é que iniciativas sustentáveis podem ser ótimas para a sua marca. Sim! É possível conciliar negócios que se sustentam financeiramente e gerem impactos ambientais positivos. Para provar isso, selecionamos quatro benefícios da sustentabilidade para o seu negócio. Quer saber quais são? É só continuar a leitura! 

1. Redução dos custos

Para tornar uma produção mais sustentável, é preciso otimizar processos e fazer mais com menos recursos. Assim, a busca por sustentabilidade na produção é, também, uma porta de entrada para maior eficiência. 

Potencializar o uso das embalagens, por exemplo, significa melhorar a eficiência logística. Investir em lâmpadas de LED ou em fontes renováveis de energia é pensar em eficiência energética. Da mesma forma, reduzir desperdícios e reaproveitar resíduos é aprimorar o rendimento produtivo.

E é por isso que diversas empresas estão investindo em setores de inovação. Afinal, ao mesmo tempo em que essas ações contribuem para um desenvolvimento sustentável, também proporcionam uma redução dos custos de produção. 

Uma organização que se destaca nessa área é a Natura. Além de realizar ações nessa linha frequentemente, a marca organiza toda a sua cadeia produtiva para gerar impactos positivos ambientais, sociais e humanos. Os dados comprovam: segundo o gerente de Sustentabilidade da Natura, Keyvan Macedo, a empresa evitou a emissão de quase 1 milhão de toneladas de carbono nos últimos doze anos. 

E, agora, a Natura caminha para implementar a logística reversa em seus processos. Para isso, já estão sendo realizados testes com o objetivo de validar um novo modelo de entrega e destinação das embalagens. Inclusive, a empresa lançou recentemente o Innovation Challenge — desafio que se propõe a zerar os resíduos de suas embalagens. A busca é por soluções inovadoras para o jeito que a marca pensa materiais, cadeia logística e negócios. 

2. Conquista de novos consumidores

Existem vários elementos que estão modificando a maneira como as pessoas se relacionam com as marcas. Hoje, elas esperam que as empresas façam mais pela sociedade e levam isso em consideração na hora de escolher os produtos que vão comprar. 

Assim, não basta oferecer um produto ou serviço que apenas proporcione uma boa experiência para o consumidor. Um propósito coerente com os valores das novas gerações passa a ser essencial para conquistar esse público.

E as pesquisas apontam que as gerações Z e Y se preocupam mais que as anteriores quando o assunto é sustentabilidade. Ou seja: quando sua marca promove ações de sustentabilidade, ela envia um sinal positivo a esse exigente público, criando conexões mais fortes. Dessa forma, esses clientes, além de consumir, serão leais à marca e tendem a recomendá-la para mais pessoas. 

3. Promoção do bem-estar dos funcionários

Ser sustentável vai muito além da preocupação ambiental ou da utilização de materiais adequados nas embalagens. A sustentabilidade também pressupõe atenção aos pilares econômicos e sociais. E, para começar, é importante dar atenção ao próprio ambiente de trabalho.

Quando uma empresa cria uma atmosfera que preza pelo bem-estar dos integrantes das suas equipes, dando condições de trabalho justas e promovendo relações humanizadas, seus profissionais se sentem mais dispostos e motivados. Além de se tornarem mais produtivos, elas contribuem para a construção de uma imagem positiva da marca. E, como você verá em seguida, isso é fundamental!

4. Fortalecimento da imagem da marca

A fim de se consolidar no mercado, é preciso que a marca construa sua imagem. Para isso, as organizações costumam se apoiar em elementos palpáveis como uma boa identidade visual e um bom slogan. Porém, para uma estratégia mais forte, um posicionamento bem definido é fundamental. 

Esse posicionamento pode ser construído por meio de ações, posts em redes sociais e, basicamente, por meio de qualquer atividade em que a marca se comunique com o público. O importante é que o posicionamento seja coerente — com um mesmo tom e direcionamento em todos os momentos. Para que isso ocorra, é importante que existam valores orientando a estratégia. E a sustentabilidade pode — e, no atual contexto, deve — ser um deles! 

Afinal, uma imagem corporativa ligada à responsabilidade e a iniciativas sustentáveis traz mais destaque para uma empresa no mercado. É como dissemos acima: o consumidor atual é exigente na escolha dos negócios com os quais vai se relacionar e procura por aqueles que ofereçam mais do que simples produtos. Por isso, se uma marca é vista como sustentável pelos clientes, ela adquire uma boa reputação e consegue maior engajamento. E isso é um grande diferencial!


O movimento Volte Sempre, da cervejaria Heineken, promove o descarte correto de embalagens, oferecendo cashback para pessoas que depositarem suas garrafas de cerveja de vidro em máquinas localizadas em supermercados de São Paulo.

Dessa forma, entendemos que, ao colocar em prática iniciativas sustentáveis, as marcas ganham duas vezes: colaborando com um desenvolvimento mais justo e responsável e impulsionando a melhoria em diversos aspectos de seus negócios. Assim, já dá para perceber que, para o mundo corporativo, a sustentabilidade é muito mais que uma tendência, e sim uma questão de sobrevivência, concorda?