Pack Expo East

03/03/2020 a 05/03/2020

LATAMCAN 2020

04/03/2020 a 06/03/2020

Veja todos os eventos
fechar

O papel da embalagem na decisão de compra dos consumidores


Subestimar a importância das embalagens definitivamente não é uma decisão que as marcas devem tomar. Isso foi comprovado mais uma vez em uma pesquisa recente da organização global Two Sides, que mostrou que elas têm um papel fundamental na decisão de compra dos consumidores brasileiros.

Segundo o estudo, estas são as três características das embalagens mais valorizadas: sua capacidade de proteger o produto (para 64% dos entrevistados), as informações que elas contêm (para 52%) e sua facilidade de abertura ou fechamento (para 47%). O tamanho das embalagens (de preferência, as menores), sua aparência e sua matéria-prima também são pontos de destaque considerados pelo público.

Além disso, 83% das pessoas ainda consideram a reciclagem um desafio por conta de diversos fatores, como falta de espaço de armazenamento em suas residências, falta de coleta seletiva onde moram, falta de interesse/tempo e dificuldade em separar os materiais. Nesse cenário, quem consegue reciclar com mais frequência costuma fazer isso com embalagens de vidro (63%) e papel (58%), enquanto embalagens de plástico e metal são recicladas em 56% dos casos.

A relevância das embalagens para a decisão de compra vem impulsionando várias empresas a aprimorar cada vez mais os materiais e a tecnologia usados em seus processos de fabricação. O objetivo é colocar no mercado modelos mais práticos, seguros e sustentáveis, que aumentem a competitividade de suas marcas e sejam ainda mais prestigiados pelos consumidores. Continue a leitura para conhecer alguns exemplos em que essa evolução já pode ser percebida.

Natural One: mais proteção e sabor em nova embalagem

Para ampliar sua presença no mercado, a Natural One investiu em uma linha de envase de PET asséptico a frio, capaz de aumentar a produtividade em cerca de 120 mil toneladas e gerar 30% a mais de empregos. O processo aprimora a segurança e o frescor dos sucos naturais, que não necessitam de conservantes. 

Além disso, cada embalagem é reciclável, conta um mecanismo abre-fácil na tampa e traz um QR Code para que o consumidor possa rastrear de onde vêm os ingredientes que compõem o produto. O formato e o tamanho das garrafas ganhou novidades: agora, elas também chegam ao mercado em 180 e 300 ml, bem menores e mais leves do que a tradicional de 900 ml. O objetivo é simplificar a rotina das pessoas e oferecer opções mais saudáveis, por exemplo, para o lanche das crianças. 

Connan: criatividade e reconhecimento no design

A embalagem é um ótimo ponto de contato com os consumidores de uma marca. Um bom exemplo foi dado pela Connan, que criou uma identidade atrativa e funcional para as suas sacarias. Com a intenção de facilitar o manuseio e a identificação, os elementos do sistema visual (como cores e grafismos) ganharam uma função estratégica e estão presentes em todas as faces da embalagem. Isso significa que, mesmo quando o produto está empilhado, o consumidor tem acesso rápido às informações principais.

Além disso, a Connan optou em trazer os dados impressos na própria sacaria, sem o uso de etiquetas. Isso é importante para garantir a padronização, a legibilidade e a segurança, já que as etiquetas podem se “perder”. Em relação à estética, as embalagens ganharam um aspecto mais clean e moderno, com o uso de toda a paleta de cores da marca e uma distribuição mais harmônica dos elementos visuais. 

Esse trabalho foi bem aceito pelo público e conquistou a Prata na categoria Design Gráfico – Produtos em Geral, do Prêmio ABRE 2019.

Skol Beats 150BPM: a aparência não engana

A Skol Beats anunciou em setembro de 2019 o primeiro lançamento da parceria entre a Ambev e a cantora Anitta, que se tornou head de criatividade e inovação da marca. Com um design arrojado, irreverente e cores atrativas — preto, azul e rosa — a Skol Beats 150 BPM deixa claro que se destina ao público jovem, assim como as outras versões da bebida. 

O nome “150 BPM” brinca com a frequência cardíaca, mas também faz referência a uma velocidade de batidas muito conhecida do funk. Outro ponto que chama bastante atenção é o volume (apenas 100 ml) e o teor alcoólico de 13,9%, bem mais alto do que os 8% da Skol Beats tradicional. Ou seja, é indicada para quem gosta do ritmo e de bebidas fortes — e o design consegue transmitir bem essas informações.

Colorado Appia Lata: cerveja na medida certa

Conhecida pelos consumidores na sua versão em garrafa de vidro, a cerveja Colorado Appia passou recentemente a ser comercializada também em latas de alumínio. Para isso, foi criado um modelo exclusivo, o X-Sleek, que comporta 410 ml. O tamanho é intermediário entre as latas mais finas da família Sleek e as latas mais largas no formato Standard — e rendeu à marca o Prata na categoria Embalagem – Bebidas Alcoólicas, do Prêmio ABRE 2019.

Para atender a expectativa dos consumidores que apreciam uma cerveja premium, a Colorado inovou também no design da lata, que conta com um revestimento especial em HD (“impressão em alta definição”) e verniz fosco no rótulo. Além disso, a embalagem valorizou a cor mel e a imagem do urso, que são marcas registradas da Appia. 

Gelol massageador: mais alívio em nova fórmula

Pensando em aliviar as dores musculares dos consumidores com mais eficácia, a família Gelol — que já têm pomada e aerossol — ganhou mais uma opção de produto: o Gelol massageador. A nova embalagem, no formato bisnaga, vem com três esferas que deslizam na pele e liberam gradativamente o gel, permitindo utilizar apenas a quantidade ideal e fazer a massagem na intensidade desejada. 

Destaque também para a nova performance da fórmula: o cheiro está mais suave, o gel é absorvido rapidamente e as sensações de alívio e relaxamento duram mais. Além disso, a empresa inovou na funcionalidade da embalagem, que não suja as mãos durante a aplicação do produto, e ainda otimizou o transporte, reduzindo as chances de vazamento do gel. 

O lançamento do Gelol massageador trouxe para a marca crescimento de 1% nos primeiros cinco meses de 2019, ofereceu maior visibilidade nas prateleiras dos supermercados e possibilitou a conquista do Ouro no Prêmio ABRE 2019, na categoria Design Estrutural – Funcionalidade.

Leite Letti a2: matéria-prima reciclável impacta na decisão de compra 

Para deixar claro seu compromisso com o meio ambiente, a Letti a2 adotou uma nova embalagem para seu leite fresco, em que tanto a garrafa quanto o rótulo são feitos em PET 100% reciclável. 

Agora, a embalagem está mais durável e aposta em um design retrô com um frasco transparente, diferenciando-se nas prateleiras dos supermercados. Foi apresentado também outro formato de gargalo e tampa para garantir que a embalagem não seja violada: o modelo linerless (tampa com lacre). Além disso, a tecnologia utilizada na produção oferece melhor qualidade e acabamento à garrafa do produto, considerado premium.

Essas mudanças aumentaram as vendas em 30%, em apenas seis meses, e foram reconhecidas no Prêmio ABRE 2019 com o Bronze na categoria Embalagem – Bebidas Não Alcoólicas.

Empresas que estão atentas às necessidades e desejos de seus públicos têm mais chances de serem competitivas e conquistar a preferência deles. Por isso, a inovação deve ser orientada para a criação de embalagens mais práticas, atrativas e sustentáveis, que terão um papel muito relevante na decisão de compra dos consumidores.

Deixe seu comentário