Termotécnica recebe prêmio internacional de embalagem

Termotécnica recebe prêmio internacional de embalagemTermotécnica foi premiada nas categorias Food e Save Food com sua embalagem DaColheita na premiação internacional WorldStar 2019, no dia 15 de maio, em Praga, na República Tcheca. Este é o mais importante prêmio mundial do mercado de embalagens. Concorrendo com outras 319 embalagens, de 35 países, o Brasil teve apenas seis empresas entre as vencedoras. A solução premiada é a conservadora DaColheita para cumbuca de frutas, que entre suas vantagens aumenta o shelf life e reduz o desperdício de alimentos. Na categoria especial Save Food a empresa conquistou o segundo lugar mundial, consolidando-se como referência em soluções pós-colheita.

As conservadoras DaColheita são embalagens inteligentes, ativas e sustentáveis desenvolvidas em EPS, 100% recicláveis e alinhadas à iniciativa da ONU que tem o objetivo de reduzir o desperdício de alimentos. Com tecnologia e designs patenteados, permite alto isolamento térmico e a ampliação em até 30% do shelf life das frutas, mantendo suas propriedades nutricionais, o que representa dias a mais com a fruta saudável nas gôndolas. Sua eficácia é comprovada na prática por produtores de uva do Vale do São Francisco, tanto para o mercado interno quanto para exportação, que já utilizam a embalagem.

Save Food

Iniciativa da ONU que faz parte dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, o Save Food propõe reduzir pela metade, até 2030, “o desperdício de alimentos per capita mundial, nos níveis de varejo e do consumidor, e reduzir as perdas de alimentos ao longo das cadeias de produção e abastecimento, incluindo as perdas pós-colheita”. De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), um terço de toda a comida produzida no mundo é desperdiçado. Este volume seria suficiente para alimentar todas as pessoas que passam fome.

“Foi pensando em todos os elos da cadeia, do produtor ao consumidor final, que desenvolvemos soluções que garantem frescor do campo à mesa e contribuem para redução de perdas e desperdícios de alimentos”, destaca Albano Schmidt, Presidente da Termotécnica. Este tipo de iniciativa voltada ao pós-colheita é pouco explorada no Brasil, o que faz da empresa uma pioneira no desenvolvimento de soluções que levem em consideração a qualidade e manutenção do frescor das frutas ao longo da cadeia.

(Fonte: EDM Logos, 16 de maio de 2019)