Não só a beleza, mas também a qualidade de impressão na embalagem é essencial para a identificação de seu produto

Não só a beleza, mas também a qualidade de impressão na embalagem é essencial para a identificação de seu produtoA qualidade de impressão dos códigos de barras nas embalagens dos produtos é essencial para garantir a leitura rápida e eficiente por toda a cadeia de suprimentos.

Conheça algumas regras que impactam na qualidade do código

● Tamanho: existem tamanhos mínimos e máximos, informe-se com a GS1.

● Cores: a melhor combinação de cores é a de barras pretas com fundo branco, propiciando contraste.

Truncamento: não reduza a altura das barras, pois isto impacta diretamente na eficiência da leitura.

Margens de Silêncio:  são os espaços em branco antes da primeira e depois da última barra, respeite-as, pois são fundamentais na leitura.

Localização: a recomendação é que o código esteja no quadrante inferior direito do verso. Não se deve imprimi-lo em dobras, cortes e uniões da embalagem.

Posicionamento: em embalagens cilíndricas recomenda-se colocar o código na posição vertical (barras paralelas a base do produto)

Fique Atento

  • Cada produto é único, portanto, alterações na composição, sabor, cor, ou qualquer característica que altere o produto significativamente, deve ser atribuído um novo código ao produto
  • Em casos de embalagens promocionais, deve-se ocultar os códigos dos produtos que estão dentro do “pacote”

Não só a beleza, mas também a qualidade de impressão na embalagem é essencial para a identificação de seu produtoA GS1 Brasil possui um Manual do Usuário com todas as recomendações para maximizar a performance de leitura do código de barras. É importante que o cliente saiba que com a certificação dos códigos (qualidade de impressão), o mesmo terá garantia na primeira leitura, ou seja, é agilidade para o cliente, consequentemente uma fidelização para o serviço de impressão.

A GS1 Brasil – Associação Brasileira de Automação é uma organização sem fins lucrativos que, desde 1983, cria, licencia e administra a numeração dos códigos de identificação.

Os padrões da GS1 são aplicáveis em toda a cadeia de suprimentos e a todos os setores, são eles que garantem a circulação de produtos no mercado com: identificação, rastreabilidade e segurança.

Para mais informações: patricia.amaral@gs1br.org / www.gs1br.org

(Fonte: GS1 Brasil, 17 de junho de 2013)