Milliken firma parceria com PureCycle para nova tecnologia de reciclagem de plásticos voltada ao consumidor final

Milliken firma parceria com PureCycle para nova tecnologia de reciclagem de plásticos voltada ao consumidor finalMilliken tem uma nova parceria para reciclagem de plásticos voltados ao consumidor final, junto com a PureCycle e a Nestlé. Com essa nova movimentação, a PureCycle dá mais um passo para abrir sua primeira fábrica de reciclagem de polipropileno (PP), garantindo que o produto tenha característica de “plástico virgem”. Trata-se de um processo revolucionário de reciclagem.

O processo patenteado da PureCycle foi desenvolvido e licenciado pela Procter & Gamble (P&G), e separa a cor, odor e os outros contaminadores da matéria-prima de resíduos plásticos. Os produtos da Milliken desempenharão papel crucial na revigoração do polipropileno reciclado. A empresa firmou acordo exclusivo com a PureCycle para ajudar a resolver o desafio do ciclo de vida dos plásticos. Já a Nestlé está trabalhando com a PureCycle para desenvolver novas embalagens que possam evitar o desperdício de plásticos, em consonância com o compromisso de tornar 100% de suas embalagens recicláveis ou reutilizáveis até 2025.

“Nossos parceiros estão nos ajudando a caminhar mais rápido para levarmos essa solução ao mercado”, avalia Mike Otworth, CEO da PureCycle Technologies. “Esta é uma validação do nosso método, e nos ajuda a seguir em frente com mais agilidade para tornarmos a reciclagem de plásticos uma outra realidade. O uso dos aditivos da Milliken fará com que o polipropileno reciclado ultrapuro (UPRP, na sigla em inglês) da PureCyle seja da mais alta qualidade, e acrescente valor máximo – tanto para os proprietários de marcas quanto para os consumidores. Acreditamos que essa parceria colocará a PureCycle como líder na recuperação e produção de polipropileno”.

“A Milliken entende que a criação de um futuro sustentável requer uma colaboração significativa com outros pioneiros da indústria”, comenta Halsey Cook, Presidente e CEO da Milliken & Company. “Acreditamos na tecnologia PureCycle combinada com os principais aditivos plásticos da Milliken. Esta união é uma oportunidade transformadora que eleva a viabilidade do polipropileno reciclado e ajuda a resolver o desafio do ciclo de vida dos plásticos”.

Com tecnologia licenciada de P&G, a PureCycle está construindo a primeira planta industrial em Lawrence County, no estado de Ohio (EUA), que irá reciclar cerca de 54 mil toneladas de polipropileno, a partir de 2021.

Hoje, cerca de 20% do tereftalato de polietileno (PET), que é comumente usado para fazer garrafas de plástico e outros bens de consumo, é reciclado. Em contrapartida, menos de 1% do polipropileno (PP) é de fato reciclado. A PureCycle é a primeira empresa cujo foco é unicamente a reciclagem e reintegração do polipropileno na cadeia de consumo, para aplicações altamente sensíveis, com destinos como embalagens de alimentos, bebidas, interior de automóveis, eletrônicos, mobiliário e muitos outros produtos.

As tecnologias da PureCycle produzirão PP reciclado de alta qualidade, que estará amplamente disponível para as indústrias. A tecnologia demonstra o comprometimento da P&G com a sustentabilidade, e ajuda a alcançar os objetivos de reciclagem da P&G – dobrando o uso de resina reciclada em embalagens plásticas e garantindo que 90% das embalagens sejam ou recicláveis ou parte de programas para reciclagem. O novo método de produção também está alinhado com a visão da P&G de usar 100% de materiais reciclados ou renováveis, além de proporcionar que zero resíduos do consumidor final sejam direcionados a aterros sanitários.

“A nossa abordagem à inovação não só inclui produtos e embalagens, mas tecnologias que permitam que tenhamos um impacto positivo no meio ambiente. Esta tecnologia tem a capacidade de revolucionar a indústria de reciclagem de plásticos, permitindo que a P&G e empresas de todo o mundo tenham acesso a fontes de plásticos reciclados com desempenho e propriedades quase idênticos aos de materiais virgens, para uma ampla gama de aplicações”, acredita Kathy Fish, Diretora de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Procter & Gamble.

O mercado global de polipropileno é estimado em mais de US$ 80 bilhões, de acordo com pesquisa da Transparency Market, e deve alcançar US$ 133 bilhões em 2023. A APR – Associação de Recicladores de Plástico dos Estados Unidos já identificou uma demanda de mais 450 mil toneladas de polipropileno reciclado apenas na América do Norte. A maior parte dessa procura é de material de alta qualidade, de acordo com a entidade.

(Fonte: 2PRÓ Comunicação, 07 de maio de 2019)