Liquigás realiza testes de mercado para novo botijão de gás de cozinha

Liquigás realiza testes de mercado para novo botijão de gás de cozinhaA Liquigás Distribuidora – empresa do Sistema Petrobras que atua no envase e distribuição de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) – realiza no Brasil os testes do LEV, o novo botijão de gás feito a partir de novos materiais incluindo termoplásticos reforçados com fibra de vidro e polietileno de alta densidade, que se destaca por seu design inovador, pela leveza e modernidade.

É a primeira vez que este tipo de botijão chega ao mercado nacional, depois de ter obtido sucesso internacionalmente. O projeto do LEV se insere na política da Liquigás de atuar de forma inovadora e de disponibilizar uma ampla gama de produtos ao mercado de GLP.

A Companhia importou cerca de seis mil vasilhames do LEV, com capacidades de 5 kg e 9 kg de GLP. Estes botijões estão sendo utilizados para teste de mercado nas regiões metropolitanas de São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro. Sete revendedores Liquigás realizaram a distribuição do novo botijão para consumidores finais, durante 90 dias, com o objetivo de avaliar a aceitação do novo vasilhame. A expectativa é que 12 mil consumidores avaliem o LEV.
“Com o LEV, a Liquigás reforça mais uma vez seu pioneirismo e posicionamento de empresa inovadora, capaz de oferecer variedade de produtos, conveniência e qualidade aos seus consumidores finais”, destaca o Presidente da Liquigás, Antonio Rubens Silva Silvino.

O LEV possui internamente um invólucro de aço, reforçado com fibra TWINTEX (fibra de vidro com termoplástico), e externamente é revestido com uma cobertura rígida de polietileno de alta densidade. Essa configuração da embalagem, já certificada pela TÜV Rheinland, órgão acreditado pelo INMETRO, faz com que esse vasilhame seja aproximadamente 20% mais leve do que o tradicional botijão de aço, e tenha um acabamento mais bonito e elegante, com linhas mais harmônicas e novas cores.

“Sucesso nos mercados americano, europeu e asiático, o LEV se destina a todos os consumidores finais de GLP, principalmente os residenciais, e também para consumidores específicos, para os quais o peso, o material e as dimensões do vasilhame fazem a diferença, como os usuários de trailers e embarcações”, afirma o Diretor de GLP Envasado da Liquigás, Paolo Ditta.

O LEV – marca desenvolvida para a Liquigás – ainda apresenta vantagens econômicas e de sustentabilidade, pois toda sua cobertura rígida, de polietileno de alta densidade, é elaborada com material reciclável. Por ser mais leve, toda a movimentação logística do botijão poderá gerar uma redução no consumo de combustíveis da frota de caminhões da empresa, reduzindo assim as emissões de poluentes na atmosfera. Além de peso menor, o LEV possui alças ergonômicas que facilitam o transporte e o manuseio pelo consumidor. A válvula de acoplamento é igual à do tradicional botijão de 13 kg, o que permite o uso dos reguladores presentes no mercado.

O projeto do LEV no Brasil está sendo dirigido pela Liquigás,e trata-se de uma parceria da Companhia – líder nacional em vendas de botijões de até 13 kg – com as empresas AMTROL ALFA, a maior fabricante de botijões do mundo (responsável pelo desenvolvimento do produto em Portugal), e a Braskem, a maior petroquímica das Américas em capacidade de resinas termoplásticas e fornecedora das resinas para os botijões deste piloto. Há ainda um estudo entre as três parceiras de testes para a fabricação do novo botijão no Brasil.

(Fonte: Blog do Plástico, 05 de junho de 2012)