hubergroup: dedicado a uma estratégia ambiental Cradle to Cradle (do berço ao berço)

hubergroup: dedicado a uma estratégia ambiental Cradle to Cradle (do berço ao berço)Sustentabilidade é um tema importante no hubergroup, no topo da lista nas discussões estratégicas da empresa e em suas ações ao longo de suas operações globais. “Como fabricante de tintas de impressão”, diz Heiner Klokkers, Presidente do Conselho de Administração do hubergroup, “temos uma enorme responsabilidade tanto pela humanidade quanto pela natureza – e pretendemos realizá-lo através de nossos produtos.” Na mente de Klokkers, isso não é apenas incluir produtos sustentáveis que ajudam a reduzir o impacto ambiental de seus clientes, como a linha Gecko Green de tintas recentemente premiada com a certificação EPEA Cradle to Cradle. Também inclui um exame atento de suas operações internas para manter seu próprio impacto ambiental no mínimo.

Definindo o Cradle to Cradle

No modelo Cradle to Cradle (do berço ao berço), em oposição ao modelo Cradle to Grave (do berço ao túmulo), mais comumente conhecido, os materiais residuais em um produto antigo tornam-se o “alimento” para um novo produto, seja por compostagem ou por reprocesso. Cria uma economia circular que vai além dos esforços convencionais de sustentabilidade. É um conceito de design inspirado na natureza, no qual os produtos são criados de acordo com os princípios de uma economia circular ideal. Isso diferencia o Cradle to Cradle da reciclagem convencional (Cradle to Grave) e o conceito de ecoeficiência. Trata-se de ecoeficácia e vai além das ferramentas e abordagens convencionais de sustentabilidade, que mostram principalmente a influência negativa dos seres humanos no meio ambiente.

Recapturando águas residuais

Um exemplo desse modelo circular em ação é o hubergroup India, um dos maiores produtores de pigmentos do mundo, que tem como meta final a descarga zero de efluentes. “A produção de pigmentos exige grandes quantidades de água e gera volumes igualmente grandes de águas residuais”, disse Aniruddha Joshi, Diretor de Produção do hubergroup India. “Especialmente à luz do relatório das Nações Unidas que diz que até 2025, dois terços da população mundial estarão vivendo em condições de estresse de água, assim como outras pesquisas sobre o consumo de água, a administração nos encarregou de chegar à descarga zero de efluentes. O resultado é uma instalação recém-construída para tratamento de água que nos permite recuperar 60% da água do nosso fluxo de efluentes. Após uma operação bem-sucedida por cerca de seis meses, nossa equipe analisará os resultados e embarcará em uma jornada de alcançar os 100% de recuperação dos efluentes. Ainda há muito a fazer, mas estamos orgulhosos do nosso progresso até agora e da nossa contribuição para a estratégia Cradle to Cradle do hubergroup”.

Além da recuperação de água, o hubergroup implementou várias outras soluções para tratar ou reduzir os níveis atuais de fluxos de resíduos líquidos/sólidos, como parte de seu compromisso com a melhoria ambiental.

(Fonte: Ianda Conceitos, 28 de março de 2019)