Gastos com animais de estimação vão movimentar mais de R$ 6 bilhões no Brasil

Gastos com animais de estimação vão movimentar mais de R$ 6 bilhões no BrasilDurante este ano, os brasileiros deverão gastar R$ 6,21 bilhões com animais de estimação, de acordo com estimativas do Pyxis Consumo, ferramenta de dimensionamento de mercado do IBOPE Inteligência. O Estudo aponta que o consumo por habitante desses produtos será de R$ 40,43 neste ano, 12% a mais do que em 2012.

Segundo o Pyxis Consumo, a classe B, que representa 25% dos domicílios do país, tem o maior potencial de consumo: R$ 2,76 bilhões, o que representa 42% do total consumido no Brasil. Em seguida vem a classe C, responsável por 53% dos domicílios em área urbana, com R$ 1,98 bilhão (30% do consumo).

Gastos com animais de estimação vão movimentar mais de R$ 6 bilhões no Brasil

Ao analisar os gastos por região, o Pyxis Consumo mostra que o Sudeste é a área com maior potencial: 54%. Os gastos totais nessa região serão de R$ 3,60 bilhões, o que representa um consumo anual por habitante de R$ 47,46. A seguir, aparece o Sul, com 17%. O gasto total nessa região é estimado em R$ 1,12 bilhão e o per capita anual, de R$ 47,86, o mais alto do país.

Gastos com animais de estimação vão movimentar mais de R$ 6 bilhões no Brasil

Na análise por classe e por região do país, a classe B continua na frente em todas as regiões. No Sudeste, ela será responsável por gastos de R$ 1,61 bilhão. A classe C, também do Sudeste, aparece na sequência, com consumo estimado em R$ 1,06 bilhão. O menor gasto deve ser da população de classe A, residente na região Norte: R$ 43,44 milhões.Gastos com animais de estimação vão movimentar mais de R$ 6 bilhões no Brasil

O potencial de consumo refere-se apenas ao consumo domiciliar, ou seja, às compras de pessoa física junto a varejistas do ramo e inclui compra de animal doméstico, vacina, banho e tosa, gastos com veterinário, ração, xampu, brinquedos e acessórios.

(Fonte: IBOPE, 28 de outubro de 2013)