Empresa brasileira cria embalagens de plástico de mandioca

Empresa brasileira cria embalagens de plástico de mandiocaEm 2007 pesquisadores da Escola Politécnica (Poli) da Universidade de São Paulo (USP) desenvolveram um filme plástico à base de amido de mandioca e açúcares projetado para ser utilizado em embalagens. O plástico seria comestível e teria propriedades antibacterianas que poderia mudar de cor de acordo com o estado de conservação do produto.

Agora, a empresa paulista CBPak começa a investir na divulgação de seu trabalho: o proveito do amido de mandioca para fabricar plástico e criar copos e bandejas deste material. Curioso? No mínimo!

O fundador da instituição Claudio Rocha Bastos, resolveu investir na área após perceber a falta de opções no setor dos chamados plásticos ‘verdes’. “A CBPak é provedora de uma pioneira solução ambiental para redução da pegada de carbono. Para tal, utiliza como meio físico, seus copos e bandejas compostáveis de amido de mandioca, uma matéria-prima brasileira de fonte renovável. “, afirma Bastos.

Atualmente, a empresa produz copos, bandejas e potes. São fabricados, por mês, dois milhões de itens. A companhia afirma, em seu site, que se baseia no conceito dos “3 Ps”: people (pessoas), planet (planeta) e profit (lucro).

Enfrentar a realidade dos preços, maiores que os dos plásticos convencionais, tem sido o principal desafio da organização. “Desde o início, nosso desafio sempre foi o de transformar uma ideia incipiente em um produto real e economicamente viável”, afirmam os responsáveis.

Fundada em 2002, a empresa continua pesquisando o aprimoramento e desenvolvimento de novos produtos. Uma das ideias recentes de investimentos é lançar tubetes para serem usados no plantio de mudas de reflorestamento.

(Fonte: Portal Terra / CicloVivo, 05 de dezembro de 2013)