Embaquim expande exportação de bag-in-box

Embaquim expande exportação de bag-in-boxConfirmando sua vocação para exportar, a Embaquim, uma das líderes brasileiras na produção de sistemas de embalagem bag-in-box (BIB), anunciou que as vendas para o mercado externo já representam 10% de seu faturamento. Como países alvo, Cristiane Horvat, da área de exportação, cita México, Tailândia, África do Sul e Chile. “Nossos principais produtos para estes mercados são os conjuntos de 1.000 litros e as bolsas com capacidade intermediária.”

As embalagens exportadas pela Embaquim são direcionadas, principalmente, para as indústrias de alimentos, produtos químicos e farmacêuticos. No México, por exemplo, o distribuidor local, a Logispack, confirma que o forte são os bags de 1.000 litros. “Em outros casos, como os de produtos muito específicos como os palatabilizantes, que dão aroma para ração animal, vemos nossos clientes brasileiros indicando o produto da Embaquim para um fornecimento global. Ou seja, nossa qualidade local nos credencia a participar de projetos internacionais”, comemora Cristiane.

A capacidade de exportação da Embaquim foi alavancada em 2012 por um investimento de R$ 500 mil na aquisição de uma nova injetora e moldes que garantiram uma performance ainda melhor em sua célula de injeção. “Com o investimento, a capacidade da área cresceu cerca de 50%”, explica Renata Canteiro, diretora da empresa. Para 2013, ela anuncia outro importante investimento: a aquisição de uma extrusora que entrará em funcionamento até o final do ano.

(Fonte: Assessoria de Imprensa Embaquim, 09 de junho de 2013)