Em cinco anos, brasileiro aumentou em 41,5% gastos com produtos de limpeza

A informação é da ABIPLA (Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza e Afins), e consta no Anuário 2013 da entidade, lançado recentemente. Somente no último ano, houve alta de 8,1% nesses gastos, em relação a 2011.

Segundo o anuário, a região do Brasil que mais consome produtos de limpeza é o Centro-Oeste. O documento ainda contém outras informações a respeito de categorias específicas, como as vassouras, cuja produção teve retração de 5% em 2012.

O Brasil é o quarto maior mercado mundial de produtos de limpeza, com vendas que totalizaram R$ 15 bilhões no ano passado. Apenas EUA, China e Japão possuem mercados maiores.

De acordo com dados auditados pela Canadean, nos últimos cinco anos no Brasil, dentro do segmento, os produtos de papel para uso doméstico foram os itens mais produzidos com 48,09% de representação no total de produtos de limpeza, seguido por detergentes/lava louças em segundo (16,03%), produtos para banheiro em terceiro (14,47%), sabão/lava roupas em quarto (13,03%) e purificadores de ar em quinto (2,55%).

Em cinco anos, brasileiro aumentou em 41,5% gastos com produtos de limpezaO saco/sachê foi a embalagem mais utilizada com 48,43% de participação, seguido por garrafas em segundo (21,70%), caixa de cartão em terceiro (11,14%), blister em quarto (9,31%) e aerossol em quinto (3,08%).

O material que mais foi utilizado nas embalagens foi o plástico flexível com 52,81% de participação, seguido pelo plástico rígido (32,01%), papel/cartão (11,17%), metal (3,34%) e vidro (0,67%).

Em cinco anos, brasileiro aumentou em 41,5% gastos com produtos de limpeza(Fonte: Supermercado Moderno/Centro de Informações ABRE, 16 de agosto de 2013)