Cachaça Caraçuípe investe no segmento premium com embalagem Covet™, garrafas de luxo da Owens-Illinois

Cachaça Caraçuípe investe no segmento premium com embalagem Covet™, garrafas de luxo da Owens-IllinoisTradicional cachaça de alambique de Campo Alegre (AL), a Caraçuípe chega ao mercado em embalagem de luxo da linha Covet™, produzida com exclusividade pela Owens-Illinois.

São duas versões do produto: a Ouro, armazenada em um barril com madeira especial que interfere na coloração e sabor do produto, e a Prata, considerada pura por não sofrer interferência da madeira na qual é armazenada.

Caraçuípe é uma cachaça diferenciada, que resgata a tradição de uma das mais populares bebidas do Brasil: a Cachaça, hoje reconhecida no exterior como produto exclusivo e genuinamente brasileiro.

Para atender a expectativa de atingir também o mercado consumidor de bebidas premium, o Engenho Caraçuípe contou com a parceria da O-I para o desenvolvimento de uma garrafa com o potencial de posicionar o produto no mercado-alvo, cujo potencial de crescimento é atestado pela pesquisa do International Wine and Spirits Report (IWSR), demonstrando que até 2017, o setor terá um crescimento de 17% na América Latina, com aumento de volume de mais de 50% no mesmo período.

Os resultados foram surpreendentes ao fabricante e demonstra que a garrafa Covet™ realmente impulsiona os negócios e tem a capacidade de diferenciar produtos e marcas no setor de atuação e para os consumidores. “Estamos tendo um retorno extraordinário em vendas e a embalagem teve uma participação fundamental para o sucesso desse lançamento!”, afirma Renato Coutinho, proprietário do Engenho Caraçuípe.

Desde o princípio, a ideia era encontrar uma embalagem que transmitisse essa dicotomia tradição/modernidade, que é muito forte na Caraçuípe. “A cachaça agora envasada numa embalagem Covet deu o status que tanto buscamos para o nosso produto, pois o consumidor não tem dúvidas de que está levando para casa um produto de qualidade.”, ressalta Coutinho.

A cachaça Caraçuipe é distribuída em todo o mercado nacional, e os planos do Engenho é chegar ao mercado internacional até o final deste ano.

(Fonte: Portal Embalagem & Tecnologia, 13 de março de 2014)