Brasilata novamente premiada entre as 20 organizações mais inovadoras do Brasil

Brasilata novamente premiada entre as 20 organizações mais inovadoras do BrasilClassificada ao lado de empresas globais, a Brasilata confirma sua posição entre as organizações bem sucedidas que atuam com foco na inovação, tendo sido premiada em novembro pela revista Época Negócios, em São Paulo.

Desde 2009, a revista mensal de economia e negócios realizou 5 pesquisas sobre a inovação no Brasil, 4 delas elaboradas pela consultoria internacional A.T. Kearney. Das dezenas de empresas inscritas nas 5 edições da pesquisa anual, apenas 3 companhias conquistaram prêmios em todos os anos: a Brasilata, a IBM e a Whirpool.

Nesta edição “Best Innovator 2013” no Brasil, 120 empresas foram inscritas, 75 delas completaram o questionário e 30 receberam visitas pessoais. O resultado do estudo está publicado na edição de novembro da revista Época Negócios.

O fomento à inovação gera frutos em um segmento maduro como o da fabricação de latas de aço, no qual a Brasilata fornece sistemas patenteados de fechamento para sua linha completa de latas para tintas, produtos químicos e alimentícios. A Brasilata mantém ativo desde 1987 o seu sistema interno de sugestões, batizado como Projeto Simplificação, que se tornou referência para os estudiosos da cultura da inovação dentro das empresas. Até 2012, o Projeto Simplificação totalizou 150.040 ideias, que significam a média de 152,9 ideias por inventor/ano, resultado compatível às companhias japonesas que utilizam semelhante processo.

“A companhia incentiva um clima interno propício à inovação e estimula o empreendedorismo dos nossos inventores. Foi desenvolvido um sistema interno online que recebe as sugestões a serem validadas por coordenadores. De forma ágil, o inventor recebe um retorno sobre a aplicação de sua ideia e a análise sobre o custo e benefício. A rapidez na resposta ao inventor e a agilidade na execução das ideias são formas efetivas de reconhecimento que se somam à celebração, quando as equipes de inventores são premiadas em festas abertas a participação de todos, em cada unidade”, afirma o CEO da Brasilata e também professor do Departamento de Produção da EAESP/FGV, Antonio Carlos Teixeira Álvares.

(Fonte: Infotintas, 30 de janeiro de 2014)