Apresentação destaca importância da embalagem nos produtos destinados ao público infantil

Apresentação destaca importância da embalagem nos produtos destinados ao público infantilA ABRE – Associação Brasileira de Embalagem recebeu, no último dia 26, dentro de seu tradicional Café da Manhã ABRE, Eduardo Amiralian, diretor executivo da Phisalia, fabricante de cosméticos para o público infantil e Cláudia Oliveira, executiva de contas da Nielsen. Ambos trouxeram para uma plateia de mais de 100 pessoas, números bastante animadores sobre o mercado de produtos de higiene pessoal para crianças. O evento teve o patrocínio ouro da Novelprint, prata da Ibema, bronze da Igaratiba e Innovapack e contou com o apoio da Nielsen.

Cláudia abriu sua palestra apresentando um panorama macroeconômico do Brasil nos últimos anos, destacando o aumento do poder de compra da classe média e baixa como principal vetor do crescimento das vendas de cosméticos no país. A executiva de contas da Nielsen também chamou a atenção dos presentes para o fato de estarmos vivendo um período de acomodação nesta expansão de novos consumidores, bem como para os perigos de uma retomada de inflação crescente. Ela também apresentou números do mercado de cosméticos e cosméticos infantis, cenário sobre o qual Eduardo falaria em seguida.

O diretor executivo da Phisalia, Eduardo Amiralian, abriu sua palestra confirmando um crescimento de 10% no mercado de cosméticos infantis em 2013, em comparação com 2012, muito superior ao crescimento de Higiene Pessoal e Beleza para adultos. Eduardo também afirmou que, apesar do crescimento da população infantil estar estável, há um crescimento significativo no consumo deste tipo de produto. “É claro que houve um incontestável benefício para o setor, por conta do ingresso de uma população que não tinha acesso ao consumo deste tipo de produto e hoje já consegue adquiri-los”, avaliou.

Eduardo avaliou o desenvolvimento das linhas de produtos de sua empresa, numa espécie de linha do tempo, onde conseguiu comprovar que a cada 3 ou 4 anos, faz-se necessário reavaliar o mix de produtos, assim como e, principalmente, as embalagens que os acondicionam. “Através de muita pesquisa, fomos aprendendo e nos moldando às exigências do mercado e do nosso público-alvo, as crianças. Entre as principais conclusões e aprendizados, está a constatação de que a embalagem é determinante no sucesso do produto. A embalagem deve agradar a mãe, que exige qualidade e praticidade, e também encantar a criança, que deseja algo lúdico e divertido”, ponderou Eduardo.

Na opinião de Luciana Pellegrino, diretora executiva da ABRE, depoimentos como estes mostram a importância da embalagem para todos os tipos de produtos. “Seja em um produto destinado a uma criança ou um produto com normas rigorosas de acondicionamento, a embalagem continua sendo um elo de relevância absoluta da cadeia. Também, com a apresentação feita pela Phisalia, pudemos entender como a embalagem pode agregar valor ao produto, quando o consumidor está pronto para fazer sua escolha no ponto de venda. A mãe quer e é movida pela razão, a criança pela emoção. E a embalagem deve conciliar as duas. Isso sem falar na funcionalidade, praticidade, sustentabilidade. Este é o desafio do nosso associado”, afirmou Luciana.

Apresentação destaca importância da embalagem nos produtos destinados ao público infantil

(Fonte: DFreire Comunicação e Negócios, março de 2014)