Ampulheta na embalagem informa validade da carne

Ampulheta na embalagem informa validade da carneImagine uma ampulheta que estivesse aderida às embalagens de carne bovina, e que ao invés de tempo, o dispositivo informaria a quantidade de amônia liberada pela carne e sua coloração indicaria se está ou não adequada para consumo.

O processo de liberação de amônia pela carne quando embalada é normal. Esta etiqueta em forma de ampulheta indica quando há excesso de amônia dentro da embalagem, indicando que a carne está imprópria para consumo, pois, está há muito tempo exposta na gôndola. A tinta da ampulheta, sensível à amônia, chega até a cobrir o código de barras, impossibilitando a compra pelo consumidor.

Questionamos o professor Pedro Eduardo de Felício (Unicamp, Engenharia de Alimentos, especialista em carnes) sobre esta etiqueta e ele comentou:

“Achei ótimo, mas depende de ocorrer deterioração mesmo, o que vai se dar nessas bandejas das fotos a partir de 72 horas ou um pouco mais dependendo da temperatura do display. Na carne a vácuo vai demorar muito mais tempo, a partir de 40 dias com temperaturas variando de 2° a 4°C, possivelmente, mas também pode ser interessante, porque na bandeja com filme de PVC a deterioração é perceptível visualmente, enquanto no vácuo você não percebe até abrir a embalagem”.

(Fonte: BeefPoint, 05 de fevereiro de 2013)