ACATS desenvolve programa de rastreabilidade de alimentos

ACATS desenvolve programa de rastreabilidade de alimentosA segurança do alimento é essencial, principalmente para os consumidores que utilizam os supermercados para adquirir os alimentos. Com foco neste objetivo, a Associação Catarinense de Supermercados (ACATS) desenvolveu o Programa Alimento Sustentável nos Supermercados de Santa Catarina.

Atualmente, o projeto, em fase piloto, atinge mais de 150 fornecedores de alimentos da área de hortifrúti (frutas, legumes e verduras – FLV), que abastecem oito redes de supermercados participantes. Junto com esta iniciativa, os participantes se integram ao Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA), um parâmetro desenvolvido pela ANVISA. Só em 2012 foram concluídas mais de 60 análises de resíduos em agrotóxicos em diversas culturas.

Segundo a ACATS, existe uma necessidade que o segmento supermercadista tem de oferecer transparência sobre a origem dos produtos colocados nas gôndolas de suas lojas. O consumidor, agora mais do que nunca, quer saber o que está comprando e de onde vem esse produto.

”Nosso trabalho, por meio do Programa, é facilitar o acesso à informação, identificando a origem dos produtos e, consequentemente, oferecendo a segurança do alimento que o consumidor procura para a sua família, especialmente no que se refere ao controle e uso de agrotóxicos”, revela o presidente da entidade, Atanázio dos Santos Netto.

Ele enfatiza que o Programa catarinense é pioneiro no país e está sendo utilizado como modelo para a expansão nacional pela da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) em suas afiliadas em todo o Brasil. Em 2012, o Programa Alimento Sustentável fechou seu segundo ano de implantação com ganhos consideráveis para a cadeia de abastecimento de FLV e também à saúde pública, revela o dirigente.

Atualmente são mais de 150 fornecedores participantes, num total de oito redes de supermercados participantes e mais de 60 análises de resíduos de agrotóxicos realizadas durante o ano de 2012. O parceiro da ACATS no projeto é a empresa catarinense Paripassu Aplicativos, que desenvolveu e implementou a tecnologia, pioneira nesta área de rastreabilidade de FLV no Brasil.

(Portal Making Of, 17 de julho de 2013)