<< Voltar     


Frango de Padaria Food Service

Vencedor em Estratégica - Marketing & Branding - 2022

Data de lançamento: 04/04/2022

Empresa vencedora: Seara Alimentos (www.seara.com.br)
Design: Labirintório
Convertedor: HMVM
Brand owner: Seara Alimentos


País: Brasil


Pensado p/ surpreender nossos parceiros q assam o Frango em sua loja. Além de contar c/ a qualidade da marca, criamos um SKU onde na cx de embarque é colocado um fardo de sacos c/ barreira à gordura na mesma qtde p/ entregar ao terceiro de forma prática a solução completa de embalagens Take Away. Movida por inovação, a Seara entrega o conceito prático,facilitando dia-a-dia do lojista, ao mesmo tempo garantindo economia a ele, pois o parceiro não precisará comprar embalagens de transporte; além de destacar os atributos da marca pelo design gráfico empregado.

P/ reter a gordura e evitar q o frango depois de assado suje o carro ou a roupa do consumidor foi aplicado uma laminação em PE ao saco de papel q mantém os líquidos dentro da embalagem e não vasem. Há tb um corte localizado no papel, mantendo a laminação interna íntegra, gerando janela frontal. O formato do saco foi projetado com uma sanfona lateral e uma base contendo uma geometria que permite com que o frango assado fique em posição que não tombe quando apoiado à superfície. A sobra superior também permite uma dobra adequada para aplicação de lacre de fechamento e inviolabilidade. A embalagem individual em si já entrega as propriedades necessárias, porém o conceito de entregar ao parceiro solução completa sem custo da embalagem para o consumidor complementa a proposta de valor. Fardos protegidos para que não sejam danificados no transporte com o frango congelado.

Atualmente frangos direcionados para essa comercialização (padarias etc) não possuem mídia empregada e, além da economia ao parceiro, esse é o diferencial do projeto: exploração da marca após o produto assado mostrando a origem e qualidade.

Trate-se de um material de baixo volume e massa reduzida qdo comparado às embalagens convencionais de delivery, principalmente isopor, cujo descarte tem sido assunto de várias debates. Bem como a redução de materiais complementares dessas embalagens, como caixas de papelão e acessórios, por exemplo.