<< Voltar     


Chocolate da Ilha

Vencedor em Embalagem - Alimentos doces - 2019

Data de lançamento: 02/08/2019

Categoria: Alimentos Doces

Tags: chocolate, papel cartão, flowpack, shelflife

Empresa vencedora: Carrara&Co (carrara.co)
Design: Carrara&Co
Convertedor: Hagapack / Packpoint
Brand owner: Chocolate da Ilha


País: Brasil


A marca Chocolate da Ilha foi redesenhada para ganhar mais força e legibilidade. As embalagens são alegres e reforçam o propósito da empresa: fabricar chocolate artesanalmente, com alto teor de massa de cacau e padrão de refino belga, para alegrar a vida de pessoas com e sem restrições alimentares. As embalagens da Chocolate da Ilha são alegres, práticas, sem luxo porque a marca acredita que comer chocolate deve ser um ato simples e prazeroso, acessível para todos.

O projeto aumentou a legibilidade da marca; destacou os atributos dos produtos; aumentou a eficiência dos processos; aumentou o shelf life; atendeu aspectos normativos e recomendáveis de rotulagem, incluindo a simbologia de técnica de descarte seletivo e otimização do portfólio de produtos. A embalagens são fáceis de abrir e garantem uma ótima apresentação nos pontos de venda. Cores e ícones foram utilizados para facilitar os reconhecimentos dos atributos dos produtos pelos consumidores.

A aquisição do equipamento flowpack eliminou um gargalo de produção e gerou um grande aumento de produtividade. Antes, uma pessoa embalava 120 produtos em 1h. Hoje, em 1h, são embalados 1250 em flowpack. As embalagens em BOPP preservam o aroma e o sabor dos chocolates durante o transporte, a armazenagem e o consumo, pois agregam boas propriedades mecânicas e de barreira a gases e umidade, sem falar no combate às variações de temperatura.

Os produtos não levam glúten, leite ou qualquer outro ingrediente de origem animal na composição. Para destacar esses atributos, foram desenvolvidos ícones de fácil reconhecimento. Além disso, cada sabor e graduação de cacau possuem uma cor própria para facilitar a identificação rápida do produto. Criamos um display que se adapta a todos os produtos. Eles permanecem nos checkouts e gondolas dos pdvs e são reabastecidos pelos distribuidores. O projeto incluiu novos sabores que reforçam seu posicionamento de mercado e a empresa registrou 30% de aumento de faturamento no primeiro quadrimestre.

Em relação à sustentabilidade, o uso do BOPP permitiu o aumento do shelflife. Evitamos a laminação das caixas de papel cartão para favorecer a reciclabilidade. Destacamos a importância da Chocolate da Ilha, que emprega e capacita pessoas para produção manual do chocolate e distribui o produto para pequenos comércios locais.