Cursos ABRE de Embalagem

Os Cursos ABRE de Embalagens foram estruturados como módulos de curta duração e têm como foco apresentar aos participantes, através de uma abordagem atualizada, os principais temas que envolvem o universo da embalagem. Apresentados por especialistas de mercado com larga experiência na Indústria, os módulos possuem formato dinâmico e abordagem prática.

A metodologia inclui a participação efetiva dos alunos para resolução de problemas,  estudos de casos e debates o que assegura a melhor assimilação do conteúdo.

INVESTIMENTO POR MÓDULO

CURSO PRESENCIAL

Associado
Não Associado
1 inscrição
2 inscrições
3 inscrições
R$ 700,00
R$ 665,00 cada
R$ 650,00 cada
R$ 950,00
R$ 900,00 cada
R$ 883,00 cada


Mais informações: Edna Amorim – 11 3060-5511 | edna@abre.org.br

01/09

Seleção de Materiais – Alimentos e Bebidas

Selecionar o material de embalagem mais adequado a ser utilizado em um projeto nem sempre é tarefa fácil. Requisitos de proteção ao produto, preço e disponibilidade no mercado local/global, linha de envase compatível com a embalagem desejada. São tantos os fatores que podem influenciar esta escolha, que às vezes não sabemos por onde começar.

Enfrentar os desafios que se apresentam é parte do dia a dia do profissional de embalagem em projetos de inovação, de melhoria de desempenho, otimização de custos ou redução do impacto ambiental.

O principal objetivo do curso Seleção de Materiais de Embalagens para Alimentos e Bebidas da ABRE é ampliar os conhecimentos dos profissionais e/ou empreendedores sobre os fatores que irão influenciar essa escolha, estimulando-os a pensar em situações que poderão enfrentar no seu dia a dia.

Temas que serão abordados:

  • O que estamos embalando: Principais processos de degradação dos alimentos.
  • Para quem e por quanto tempo: Quais as funcionalidades que o consumidor deseja, onde o produto será comercializado, quanto tempo deverá se manter adequado para o consumo.
  • Onde iremos embalar o produto: Quais os equipamentos e linhas de envase que iremos usar.
  • Quem irà fornecer a embalagem: Fornecedores locais e globais, tecnologias disponíveis.
  • Quanto podemos pagar pelas embalagens: Valor e beneficio, funcionalidade e custo.

Professores: Cristina Sartoretto, Diretora da Link Pack – Engenharia e Gestão de Embalagens | Maria Helena Resnitzky, ‎Professora no Senai Theobaldo de Nigris
DATA: 01 de setembro de 2017.
Local: Sede da ABRE – Rua Oscar Freire, 379 – cj. 152
Horário: 9h00 às 18h

Cristina Sartoretto

Cristina SartorettoProfissional com mais de 25 anos de experiência na área de embalagens, é Engenheira de Alimentos formada pela Unicamp, possui MBA em Marketing pela FIA e especialização em Gestão Empresarial pela Fundação Dom Cabral.

Consultora de embalagens, é professora nos cursos de embalagem da ABRE e possui vasta experiência na indústria, nas áreas de Inovação, Pesquisa & Desenvolvimento e Marketing, tendo atuado em diversas empresas como Bunge, Nestlé, J. Macêdo, Bestfoods, Bemis e Avery Dennison.

Maria Helena Resnitzky

Maria HelenaConsultora e professora, com mais de 35 anos de experiência em Embalagens, em áreas de Inovação e Pesquisa & Desenvolvimento, tendo trabalhado em grandes empresas como Klabin, a Bunge Alimentos, Unilever e Du Pont do Brasil. Sólida experiência em projetos de desenvolvimento de novos sistemas de embalagem e acondicionamento, melhoria de materiais e redução de custos. Professora em cursos de graduação e pós-graduação.

 

INSCREVA-SE

15/09

Gestão da Inovação em Embalagens

O curso trará aos participantes os principais conceitos, métodos, ferramentas e modelos de Gestão da Inovação. Ideal para profissionais que queiram implementar, incrementar ou transformar o processo de inovação de suas empresas.

Qual o papel da inovação nas decisões estratégicas da sua empresa?

Como funcionam os processos de inovação aberta em redes e como ela pode  alavancar os resultados?

Qual a diferença entre os conceitos de invenção, inovação incremental, inovação radical, inovação sustentadora, inovação disruptiva?

Crowsourcing, crowdfunding; redes de cooperação e co-criação; movimento maker, inovação aberta como corporate venture; relação startups e grandes empresas: como estes novos conceitos podem transformar o seu negócio e gerar oportunidades?

A área de embalagens é um campo fértil para projetos de inovação bem sucedidos e o Brasil tem posição de destaque no cenário mundial, recebendo diversos prêmios internacionais a cada ano. Vamos nos aprofundar no tema de inovação usando como pano de fundo o universo das embalagens dentro do atual cenário brasileiro.

Professores: Cristina Sartoretto, Diretora da Link Pack – Engenharia e Gestão de Embalagens | Luciana Hashiba, Professora na Fundação Getulio Vargas – FGV EAESP
DATA: 15 de setembro de 2017.
Local: Sede da ABRE – Rua Oscar Freire, 379 – cj. 152
Horário: 8h30 às 18h

Cristina Sartoretto

Cristina SartorettoProfissional com mais de 25 anos de experiência na área de embalagens, é Engenheira de Alimentos formada pela Unicamp, possui MBA em Marketing pela FIA e especialização em Gestão Empresarial pela Fundação Dom Cabral.

Consultora de embalagens, é professora nos cursos de embalagem da ABRE e possui vasta experiência na indústria, nas áreas de Inovação, Pesquisa & Desenvolvimento e Marketing, tendo atuado em diversas empresas como Bunge, Nestlé, J. Macêdo, Bestfoods, Bemis e Avery Dennison.

INSCREVA-SE

06/10

Prototipagem para Inovação

O principal objetivo do curso é trazer conhecimentos  sobre novas ferramentas de inovação, estimulando os participantes a experimentá-las no desenvolvimento de embalagens, com foco principalmente em geração de ideias e prototipagem.

Entender diferentes formas de conduzir estas etapas, considerando que elas podem se dar no âmbito do produto, da embalagem, dos serviços, dos processos produtivos ou do próprio modelo de negócios, torna-se um desafio para todos os profissionais envolvidos, independente do  elo da cadeia de valor em que eles atuem.

Design Thinking, Movimento Maker e Lean Start-up são conceitos que trazem uma nova abordagem e importância para o processo de prototipagem, que agora, ao invés de ser feito apenas após o desenvolvimento da ideia com o objetivo de validação para o lançamento, é trabalhado em seções preliminares em que a equipe de inovação praticamente desenvolve o produto na bancada, de forma estratégica, desde o início do projeto. Assim, o resultado é muito mais assertivo, com economia de recursos financeiros, humanos e principalmente de tempo.

Professores: Cristina Sartoretto, Diretora da Link Pack – Engenharia e Gestão de Embalagens | Luciana Hashiba, Professora na Fundação Getulio Vargas – FGV EAESP
DATA: 06 de outubro de 2017.
Local: Sede da ABRE – Rua Oscar Freire, 379 – cj. 152
Horário: 8h30 às 18h

Cristina Sartoretto

Cristina SartorettoProfissional com mais de 25 anos de experiência na área de embalagens, é Engenheira de Alimentos formada pela Unicamp, possui MBA em Marketing pela FIA e especialização em Gestão Empresarial pela Fundação Dom Cabral.

Consultora de embalagens, é professora nos cursos de embalagem da ABRE e possui vasta experiência na indústria, nas áreas de Inovação, Pesquisa & Desenvolvimento e Marketing, tendo atuado em diversas empresas como Bunge, Nestlé, J. Macêdo, Bestfoods, Bemis e Avery Dennison.

INSCREVA-SE

20/10

Otimização da embalagem

A otimização de embalagens vai muito além da conhecida e muito explorada redução de custos. Durante todo o processo em que as embalagens estão envolvidas na cadeia de suprimentos, existem  oportunidades de otimização que geralmente não são exploradas.

Um olhar critico e sistemático, iniciando no recebimento de materiais no fabricante de embalagens e chegando até a gestão de resíduos após descarte da embalagem pelo consumidor final, certamente irá mostrar oportunidades que irão impactar positivamente nos resultados da empresa.

O principal objetivo desse curso é auxiliar os profissionais envolvidos no dia a dia das embalagens a identificar e quantificar as oportunidades de otimização nos processos existentes.

Professores: Cristina Sartoretto, Diretora da Link Pack – Engenharia e Gestão de Embalagens | Álvaro Azanha, Diretor da HowToPack
DATA: 20 de outubro de 2017.
Local: Sede da ABRE – Rua Oscar Freire, 379 – cj. 152
Horário: 8h30 às 18h

Cristina Sartoretto

Cristina SartorettoProfissional com mais de 25 anos de experiência na área de embalagens, é Engenheira de Alimentos formada pela Unicamp, possui MBA em Marketing pela FIA e especialização em Gestão Empresarial pela Fundação Dom Cabral.

Consultora de embalagens, é professora nos cursos de embalagem da ABRE e possui vasta experiência na indústria, nas áreas de Inovação, Pesquisa & Desenvolvimento e Marketing, tendo atuado em diversas empresas como Bunge, Nestlé, J. Macêdo, Bestfoods, Bemis e Avery Dennison.

Alvaro Azanha

Alvaro AzanhaMestre em Tecnologia de Alimentos & Embalagem  pela UNICAMP, com MBA em Gestão de Negócios pelo Instituto de Economia da FUNCAMP, Pós Graduação em Engenharia de Embalagem pela School of Packaging – Michigan State University e graduação em Engenharia de Alimentos pela UNICAMP.

Mais de 28 anos de experiência no segmento de embalagens, produtos e processos de fabricação de bens de consumo, tendo atuado nas empresas ITAL, Sadia e BRF, nas áreas de pesquisa, desenvolvimento e inovação com atuação global. Tendo sido membro do Conselho Consultivo e Coordenador do Comitê de Usuários de Embalagens da ABRE por seis anos.

Em 2012 recebeu a premiação como Profissional do Ano (ABRE) e em 2010 no International Packaging Award da WPO (Organização Mundial de Embalagem) premiado na China, juntamente com sua equipe,como tendo desenvolvido a embalagem mais inovadora do Mundo naquele ano.

Consultor de Inovação e Tecnologia na empresa “How to Pack”, palestrante em diversos eventos no Brasil, EUA, Europa e Asia além de escritor de artigos técnico-científicos do setor de bens de consumo.

INSCREVA-SE

14/11

Embalagem para e-commerce

De delicadas flores a colchões e geladeiras, passando por bebidas e produtos eletrônicos, o e-commerce está cada vez mais diversificado e praticamente não existem hoje produtos que não possam se tornar oportunidades de negócios no comercio virtual.  Embalar esses produtos de maneira prática, segura, e conveniente, protegendo e garantindo a integridade durante todo o caminho até a casa do consumidor não é tarefa fácil.

A expectativa ao receber uma encomenda geralmente é grande. Porém, devido muitas vezes à falta de experiência e conhecimento ao projetar, selecionar os materiais e especificar as embalagens muitos produtos ainda chegam com avarias, causando um impacto negativo no consumidor, que vai se refletir na imagem da marca.

A proposta desse curso é entender as principais causas de danos aos produtos no e-commerce e como as embalagens podem ajudar a minimizar esses danos através de projetos adequados em termos de materiais e design estrutural.

Professores: Cristina Sartoretto, Diretora da Link Pack – Engenharia e Gestão de Embalagens | Maria Helena Resnitzky, ‎Professora no Senai Theobaldo de Nigris
DATA: 14 de novembro de 2017.
Local: Sede da ABRE – Rua Oscar Freire, 379 – cj. 152
Horário: 8h30 às 18h

Cristina Sartoretto

Cristina SartorettoProfissional com mais de 25 anos de experiência na área de embalagens, é Engenheira de Alimentos formada pela Unicamp, possui MBA em Marketing pela FIA e especialização em Gestão Empresarial pela Fundação Dom Cabral.

Consultora de embalagens, é professora nos cursos de embalagem da ABRE e possui vasta experiência na indústria, nas áreas de Inovação, Pesquisa & Desenvolvimento e Marketing, tendo atuado em diversas empresas como Bunge, Nestlé, J. Macêdo, Bestfoods, Bemis e Avery Dennison.

Maria Helena Resnitzky

Maria HelenaConsultora e professora, com mais de 35 anos de experiência em Embalagens, em áreas de Inovação e Pesquisa & Desenvolvimento, tendo trabalhado em grandes empresas como Klabin, a Bunge Alimentos, Unilever e Du Pont do Brasil. Sólida experiência em projetos de desenvolvimento de novos sistemas de embalagem e acondicionamento, melhoria de materiais e redução de custos. Professora em cursos de graduação e pós-graduação.

 

INSCREVA-SE

01/12

Decoração de embalagens

No curso sobre Decoração de Embalagens da ABRE, serão apresentadas as principais tecnologias disponíveis no Brasil para a decoração de embalagens e os pontos principais que devem ser analisados ao se buscar as melhores soluções para os projetos.

A matriz: processo de decoração X material de embalagem está cada vez mais ampla.  A melhor solução de decoração hoje pode não ser a mesma que foi utilizada até pouco tempo atrás. A s mudanças  tem ocorrido de forma muito acelerada e a atualização dos profissionais tanto da indústria usuária como das agencias de design está se tornando cada vez mais importante.

Professores: Cristina Sartoretto, Diretora da Link Pack – Engenharia e Gestão de Embalagens | Peterson Sironi, Designer Estratégico
DATA: 01 de dezembro de 2017.
Local: Sede da ABRE – Rua Oscar Freire, 379 – cj. 152
Horário: 8h30 às 18h

Cristina Sartoretto

Cristina SartorettoProfissional com mais de 25 anos de experiência na área de embalagens, é Engenheira de Alimentos formada pela Unicamp, possui MBA em Marketing pela FIA e especialização em Gestão Empresarial pela Fundação Dom Cabral.

Consultora de embalagens, é professora nos cursos de embalagem da ABRE e possui vasta experiência na indústria, nas áreas de Inovação, Pesquisa & Desenvolvimento e Marketing, tendo atuado em diversas empresas como Bunge, Nestlé, J. Macêdo, Bestfoods, Bemis e Avery Dennison.

Peterson Sironi

Peterson SironiFormado em Desenho Industrial pela Universidade Mackenzie e em Design Gráfico pela Escola Panamericana de Artes.

Diretor de criação, integrante da Pande desde 2005, está à frente da equipe de criação da agência em projetos de construção de marcas.

Principais clientes atendidos: Nestlé, Colgate, Hypermarcas, Alicorp (Perú), Wickbold, Chevrolet, Ypê, Native, Votorantim, Mars, Bacardi, Masisa, Abre e Danone.

INSCREVA-SE